Cascavel

Ecocataratas obtém o reconhecimento por pacto de proteção à infância e adolescência

Em 2020, a Concessionária participou das campanhas Exploração Sexual Infantil...

09 jan 21 - 14h17 Redação NPR Online
Ecocataratas obtém o reconhecimento por pacto de proteção à infância e adolescência

A participação efetiva em campanhas do Programa Mão Certa, da Childhood Brasil, criada em 1999 pela Rainha Sílvia da Suécia com a proposta voltada à proteção à infância e a adolescência, rendeu à Concessionária Ecocataratas o reconhecimento anual da empresa parceira do Pacto Empresarial Contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas rodovias brasileiras.

A Childhood Brasil influencia políticas públicas, trabalha junto ao setor privado a estimula a sociedade civil a olhar para a questão da violência sexual contra crianças e adolescentes.

Em 2020, a Concessionária participou das campanhas Exploração Sexual Infantil: está na hora de acabar com esse carnaval; Faça Bonito, proteja nossas crianças e adolescentes e dedicou atenção a informações sobre o ECA (Estatuto da Criança e do Adolescente).

As campanhas foram desenvolvidas em formato digital, por meio das mídias sociais. Em virtude da pandemia do novo coronavírus, as ações de segurança viária precisaram ser suspensas, impactando nas atividades presenciais. Em 2021, a primeira ação prevista dentro do Programa Mão Certa ocorrerá durante o Carnaval.

Para saber mais informações sobre a Ecocataratas acesse o site www.ecocataratas.com.br, por meio do Twitter: @ecocataratas ou no Instagram: @ecocataratas_ acompanhe as nossas redes sociais e fique bem informado. Para entrar em contato com a concessionária ligue para o 0800 345 0277.

Via: Assessoria Ecocataratas - Foto: Divulgação


Whatsapp NPR Online - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, para o nosso WhatsApp que a nossa equipe irá atender você, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: https://bit.ly/39HAJmd


Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.