Cascavel

Cascavel confirma 3ª morte por dengue e convoca população para combate ao mosquito

São quase 3 mil casos confirmados da doença no Município; eliminar criadouros é cru...

28 abr 20 - 18h12 Atualizado 28 abr 20 - 18h12 Redação NPR Online

Apesar dos inúmeros esforços do governo municipal em eliminar criadouros, orientar a população e intensificar as ações de vistoria, os números da dengue continuam a aumentar significativamente em Cascavel. Por isso, a Secretaria de Saúde apela à população para que limpe seus quintais e se mobilize nessa luta contra o mosquito.

Os números mostram que o cenário é crítico, a começar pela confirmação da terceira morte por dengue em Cascavel. A vítima é um jovem de 21 anos, que faleceu na UPA Veneza. O resultado do exame foi confirmado pelo Lacen (Laboratório Central do Estado do Paraná), de Curitiba. As outras vítimas foram uma senhora de 60 anos e um homem de 81 anos.

De acordo com o novo Boletim Epidemiológico da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), referente ao período de julho de 2019 até esta quarta-feira (28), Cascavel chega ao total de 2.995 casos registrados da doença.

Além disso, os casos podem aumentar ainda mais, uma vez que 1.898 pessoas estão aguardando o exame. Outros 1.769 casos foram descartados. Ao todo, são mais de 6,6 mil notificações no Município. 

Diante do cenário epidêmico, a diretora de Vigilância em Saúde, Beatriz Tambosi, reforça que a dengue é uma responsabilidade de todos. “A população é uma chave importante no combate ao Aedes. Além de estar vistoriando o quintal, aproveitando quem está de quarentena, é preciso fazer a inspeção semanal e fazer o check list de combate ao mosquito. A população também pode nos auxiliar junto à comunidade, fazendo orientações e também denúncias através do 156”, pontua.

O governo municipal tem realizado ações com agentes de Endemias e também mobilizações com as participações de outras secretarias, como Meio Ambiente, Finanças e também o Território Cidadão. Na semana passada, várias ações foram realizadas em locais como recicladores.

FUMACÊ

Por conta da situação, o Município fez uma nova solicitação de Fumacê para a 10ª Regional de Saúde. O equipamento, que dissemina o inseticida, foi solicitado para 28 localidades de Cascavel. O Objetivo é usá-lo nas regiões Norte, Sul e Oeste da cidade.

CALL CENTER – SINTOMAS DE DENGUE

Tem sintomas de dengue? Acione o Call Center 3096-9090 e digite a opção número 3. O ramal é destinado para orientações em relação aos sintomas da dengue. As queixas para a doença são: dor de cabeça, dor atrás dos olhos, dor nas articulações, febre, manchas e coceira na pele, náuseas e dor abdominal. Os casos são notificados e, se necessário, encaminhados a uma unidade de saúde.

Como posso ajudar?

Somente uma mobilização da comunidade é o que fará a diferença nessa guerra contra o mosquito. Não deixe acumular água parada, até mesmo água suja.

Dentre os locais que precisam ser vistoriados pela população estão: edícula, tonéis com captação de água da chuva, aquários sem bomba de oxigenação, pratos de vasos de plantas, bandejas das geladeiras, bebedouro de animais, tanque de roupas que ficam com água empossada no fundo, coletor de água da saída do ar-condicionado, lixeiro sem tampa e sem furo embaixo, piscinas de plástico, cisternas, caixas de gorduras e plantas aquáticas, pequenos objetos nos quintais; como tampas de garrafas, copos plásticos e brinquedos infantis. A destinação de pneus também é outro problema. A recomendação é deixá-los em uma área coberta ou então encaminhar para uma borracharia que se responsabilize. Até mesmo gotículas de água numa tampinha de plástico já são suficientes para se transformar no criadouro do mosquito.

Via: Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação


Whatsapp NPR Online - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, para o nosso WhatsApp que a nossa equipe irá atender você, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: https://bit.ly/39HAJmd


Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.