Brasil

MP do Trabalho cobra da SESP-PR plano de prevenção ao coronavírus nas unidades penais

Departamento Penitenciário do Paraná (DEPEN-PR) foram notificados, com um prazo de...

27 abr 20 - 14h06 Redação NPR Online
MP do Trabalho cobra da SESP-PR plano de prevenção ao coronavírus nas unidades penais

Considerando a declaração da pandemia do novo coronavírus pela Organização Mundial da Saúde (OMS), ocorrida em 11 de março, o Ministério Público do Trabalho do Paraná (MPT-PR) expediu uma Recomendação ao Governo do Estado para que apresente o plano de prevenção ao coronavírus no sistema penitenciário. O objetivo é assegurar a proteção da saúde dos trabalhadores policiais penais.

Tanto a Secretaria do Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária (SESP-PR) e o Departamento Penitenciário do Paraná (DEPEN-PR) foram notificados, com um prazo de 5 dias para apresentar o plano. O procurador regional do trabalho, autor da ação, Gláucio Araújo de Oliveira, informou que o MPT tem expedido varias recomendações, quando há inexistência de planejamento.  “Como atuo na área do sistema penitenciário, a recomendação partiu de minha livre manifestação,” disse.

O MPT PR pede que “no que tange ao Plano de Contingência a ser elaborado para redução de exposição dos trabalhadores às situações de risco, que comprovem a implementação das ações com fotos.” Com a comprovação do descumprimento, o Governo do Paraná poderá ser enquadrado em infração administrativa e no Código Penal, como atentado à saúde.

Para o presidente do SINDARSPEN, Ricardo de Carvalho Miranda, esta recomendação responde às reivindicações apresentadas à SESP PR e ao DEPEN desde o início da pandemia. “Notificamos SESP e DEPEN alertando sobre a inexistência de uma política clara para assegurar a proteção do policial penal, profissão que não pode parar e apresenta risco alto de contágio. Agora, é hora dos órgãos competentes mostrarem esta proposta.”

A diretoria do SINDARSPEN realizou reuniões, notificou os órgãos competentes e também entrou com ações na justiça para que medidas de prevenção ao coronavirus fossem tomadas.

A Recomendação lista várias demandas a serem respondidas na apresentação do planejamento. Entre as ações recomendadas, estão:

  • fornecer EPis e materiais de higiene,
  • realizar constantemente orientação quanto à prevenção da doença,
  • priorizar o afastamento dos trabalhadores que integram o grupo de alto risco, como maiores de 60 anos e portadores de doenças crônicas,
  • estabelecer política de flexibilização de jornada,
  • aceitar auto declaração do trabalhador a respeito do seu estado de saúde, quando com sintomas da Covid19,
  • implantar pausas para que os trabalhadores passem fazer a higienização das mãos e troca de máscaras,
  • implantar anteparos físicos para reduzir o contato dos agentes no atendimento ao público e,
  • adotar politicas de redução de movimentação de pessoas ou serviços (não essenciais) nas unidades, entre outras.

CLIQUE AQUI PARA LER A RECOMENDAÇÃO

Via: Assessoria Sindarspen - Foto: Divulgação


Whatsapp NPR Online - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, para o nosso WhatsApp que a nossa equipe irá atender você, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: https://bit.ly/39HAJmd


Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.