Cascavel

Acusado de matar Tabata é condenado a 41 anos de prisão

Julgamento de Eduardo Leonildo foi realizado em Cascavel nesta quinta-feira (15)...

15 out 20 - 18h54 Atualizado 15 out 20 - 18h54 Redação NPR Online
Acusado de matar Tabata é condenado a 41  anos de prisão

Eduardo Leonildo, 33 anos, acusado de matar Tabata Crespilho da Rosa na cidade de Umuarama em 2017, foi condenado a 41 anos de prisão em regime fechado.  A vítima tinha seis anos.

Ele foi julgado nesta quinta-feira (15), em Cascavel com júri semi-presencial através de videoconferência pelos crimes de homicídio qualificado, ocultação de cadáver e estupro de vulnerável. Segundo o promotor Ales Fadel, Leonildo confessou o crime durante o interrogatório.

O caso - O crime aconteceu no dia 26 de setembro de 2017 nas proximidades da Escola Municipal Rui Barbosa, onde a menina estudava em Umuarama e provocou comoção nacional pela brutalidade. De acordo com inquérito policial, depois de sequestrar e abusar sexualmente da criança, Leonildo amarrou pés e mãos de Tabata e a enterrou e uma cova rasa. O acusado foi preso com o auxílio das imagens de câmeras de segurança que mostravam o trajeto que a menina fez entre a casa da família e a escola. Na época, Eduardo Leonildo foi encaminhado para a 7º SDP de Umuarama,onde populares tentaram linchar o suspeito. Houve depredação do prédio e carros da polícia foram incendiados. O acusado foi transferido para Curitiba, onde permanece detido em cela individual por questões de segurança. Nos depoimentos depois que foi preso, o servente de pedreiro declarou que estava bêbado no momento do crime e escolheu a vítima na rua por acaso.

Leonildo responde também por outros crimes. De acordo com a promotoria 20 dias antes de matar Tábata, uma menina de 9 anos foi violentada e reconheceu o homem como autor do estupro quando a imprensa passou a divulgar imagens de Eduardo Leonildo, que já havia matado uma adolescente de 15 anos em Chopinzinho, no sudoeste do Paraná.

Via: Redação/O Paraná - Foto: Divulgação


Whatsapp NPR Online - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, para o nosso WhatsApp que a nossa equipe irá atender você, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: https://bit.ly/39HAJmd


Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.