Cascavel

Mais de 91% dos pais avaliam como ótima ou boa as atividades remotas do Município, aponta pesquisa

Em 21 dias foram mais de 18,2 mil respostas no questionário realizado pela Educação...

16 set 20 - 13h27 Redação NPR Online
Mais de 91% dos pais avaliam como ótima ou boa as atividades remotas do Município, aponta pesquisa

Com a pandemia de coronavírus (Covid-19), a educação precisou se adaptar para garantir aos alunos que os ensinamentos não fossem pausados e assegurar que o ano letivo fosse seguido. A alternativa adotada pela Semed (Secretaria Municipal de Educação) foi a entrega de atividades remotas para que os alunos pudessem de casa, sem riscos de contaminação, continuar o aprendizado, mesmo nesse período delicado. 

Com o objetivo de avaliar o trabalho que vem sendo realizado pelos profissionais da Rede Municipal de Educação, bem como visando propor novos encaminhamentos, a Secretaria Municipal de Educação realizou uma pesquisa com os pais das 116 escolas e Cmeis do Município. 

Em 21 dias, foram mais de 18,2 mil respostas no questionário. O resultado prova que trabalho está sendo aprovado pelos pais, uma vez que mais de 91% avaliam como “ótimo” ou “bom” as atividades remotas, sendo que 47,3% consideram ótima e 44% como boa. A pesquisa foi apresentada aos servidores da educação nesta quarta-feira, em reunião realizada no auditório da Prefeitura. 

Para a secretária de Educação, Marcia Baldini, o resultado positivo é reflexo de um trabalho realizado com muita dedicação pelos professores e profissionais da Educação. “Considerando o período que nós estamos vivendo com a pandemia, percebemos que os pais estão tendo certa positividade em relação ao trabalho. São muitos elogios pela forma em que os professores estão lidando com as atividades e esclarecimento de dúvidas. Isso só vem mostrar o reconhecimento do esforço que todos os profissionais estão realizando”, pontua.

Outro dado que chama a atenção é que 61,1% responderam que é a mãe a principal responsável por acompanhar os alunos na realização das atividades. Outros 28% disseram que todos os membros da família participam desse momento.

A pesquisa mostra ainda que a maioria, 66,7%, conseguem auxiliar as crianças sem dificuldades. O que corrobora com outra questão, uma vez que para 73,1% os enunciados das atividades remotas são de fácil compreensão. 

Sobre a rotina de estudos em casa, quando questionados se há um horário específico para a realização das atividades, 50,3% responderam que sim, mas com flexibilidade. 

Como a opinião dos alunos também é levada em consideração, a pesquisa aponta que os pais notaram que para a maioria das crianças, isto é, 59,5%, dos alunos, as atividades têm gerado interesse. 

O trabalho de excelência dos servidores da educação também foi bem avaliado pelos pais. Segundo a pesquisa, 73,6% responderam que os profissionais têm disponibilizado materiais complementares. E ainda 82% dizem que conseguem se comunicar facilmente com os servidores. Para 86,6% dos pais, o volume de atividades é considerado suficiente. 

VOLTA ÀS AULAS? 

Uma nova pesquisa será encaminhada aos pais já na próxima semana pelo aplicativo de mensagens Whatsapp. Desta vez, as questões estão relacionadas à volta às aulas. 

“Essa pesquisa terá praticamente estas questões: “Se fosse para voltar às aulas hoje, o seu filho voltaria presencialmente?”; “ Se fosse o sistema híbrido, presencial e EAD remoto, seu filho voltaria?”; “Seu filho possui alguma comorbidade?”. Então serão perguntas bem básicas que nós iremos fazer e deixar como parâmetro. No entanto, cabe ressaltar que o Município, por enquanto, não tem perspectiva de volta das aulas da rede, considerando os números da pandemia. Nós colocamos como primeiro objetivo, o objetivo principal, a preservação da vida das crianças e dos profissionais da educação”, pontua a secretária de Educação, Marcia Baldini. 

Via: Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação


Whatsapp NPR Online - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, para o nosso WhatsApp que a nossa equipe irá atender você, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: https://bit.ly/39HAJmd


Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.