Cascavel

COE sugere flexibilização na abertura do comércio em Cascavel

Centro de Operações Emergenciais enviou as deliberações ao prefeito Leonaldo Paranh...

17 abr 20 - 23h07 Atualizado 17 abr 20 - 23h07 Redação NPR Online

Em nova reunião na tarde desta sexta-feira (17), o COE (Centro de Operações de Emergência) deliberou por uma leve flexibilização da abertura do comércio local, que está funcionando com restrições devido às medidas de enfrentamento à Covid-19 (coronavírus).

As recomendações do COE foram encaminhadas ao prefeito Leonaldo Paranhos, que deverá analisá-las neste sábado (18), antes de a Procuradoria Jurídica elaborar um novo decreto que será publicado na segunda-feira (20).

A flexibilização sugerida pelo COE amplia a abertura do comércio, que está restrita ao funcionamento de lojas com até nove funcionários. Pela nova recomendação, a partir de agora o critério para abertura será conforme o número de pessoas por metro quadrado - uma pessoa para nove metros. A medida vale, inclusive, para shopping centers.

O secretário de Saúde, Thiago Stefanello, disse que as ampliações serão para medir o comportamento dos casos de coronavírus. "Se, necessário for, ser vermos que os casos voltam a crescer, voltaremos atrás [na deliberação]", enfatiza.

O prefeito Leonaldo Paranhos disse que a flexibilização não poderá colocar em risco tudo o que foi conquistado com o isolamento social. "Se há possibilidade de avançarmos um pouco mais na liberação de alguns setores faremos isso, evidentemente, sem correr riscos", observa o prefeito.

Atividades suspensas - Continuam suspensas atividades como as de bares,lanchonetes, boates  e festas como casamentos, aniversários, formaturas e demais confraternizações. As atividades religiosas, como cultos e missas, também estão suspensas. No transporte coletivo também não houve sugestão de mudanças e deverá seguir da mesma forma. 

Via: Portal do Município de Cascavel - Foto: Divulgação


Whatsapp NPR Online - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, para o nosso WhatsApp que a nossa equipe irá atender você, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: https://bit.ly/39HAJmd


Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.