Cascavel

Contrabandista salta de caminhão em movimento e tenta fugir, mas é preso pela PRF no Paraná

Tentativa frustrada de fuga se estendeu por cerca de 20 quilômetros, na BR-277 e po...

09 mai 20 - 14h35 Atualizado 09 mai 20 - 14h59 Redação NPR Online

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu cerca de 100 mil carteiras de cigarro na noite desta sexta-feira (8) em Guaraniaçu, na região oeste do Paraná.

Contrabandeada do Paraguai e avaliada em meio milhão de reais, a carga era transportada em um caminhão Volkswagem 13.190.

Às 18h10, uma equipe da PRF que fazia ronda pela rodovia BR-277 deu ordem de parada ao motorista, que iniciou uma tentativa de fuga.

Após aproximadamente 20 quilômetros, o caminhoneiro ingressou em uma estrada rural. A uma velocidade incompatível com a via, colocou em risco a vida de pedestres, nas imediações de uma comunidade. As pessoas tiveram que sair da estrada para evitar um atropelamento.

Mais à frente, o homem saltou da cabine com o veículo ainda em movimento e correu para o mato. Minutos depois, os agentes da PRF conseguiram encontrá-lo.

Aos policiais rodoviários federais, o preso, com 27 anos de idade e morador de Cascavel (PR), disse que pegou o caminhão em São Miguel do Iguaçu (PR) e que pretendia levá-lo até Curitiba.

No caminhão, além do cigarro, havia ainda um aparelho ilegal de radiocomunicação, em funcionamento. Do outro lado da linha, era possível ouvir chamados pelo nome do contrabandista preso pela PRF.

A PRF registrou a ocorrência nas unidades da Polícia Federal e da Receita Federal em Cascavel. O preso responderá a princípio pelos crimes de contrabando, direção perigosa, desobediência e atividade ilegal de telecomunicações.

Via: Assessoria PRF - Foto: Divulgação


Whatsapp NPR Online - Envie sugestões de Pautas, Fotos ou Videos, para o nosso WhatsApp que a nossa equipe irá atender você, ou entre em nosso grupo do WhatsApp e recebe as principais notícias em primeira mão: https://bit.ly/39HAJmd


Postagens Relacionadas
Publicar um comentário:
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.